Fridays - Spiritual Healing

   

A IMPORTÂNCIA DO AMOR-PRÓPRIO

24 de Marcha de 2017

“O amor-próprio saudável é fundamental para os relacionamentos humanos, em particular as parcerias afetivas”

 

O amor-próprio dá a exata dimensão do que se é, de como se encontra e de quanto se necessita realizar.” Se o nosso psiquismo fosse uma empresa comercial, o “ego” seria o pior gerente que poderíamos contratar para dministrá-la, e o “self” seria o mais bem indicado.

 

Há dois mil e quinhentos anos Sócrates disse, “conhece-te a ti mesmo”, Dissemos inicialmente que o “ego seria o pior gerente de nosso psiquismo e o “self” o melhor, porque aquele é superficial, sem balizas de segurança, enquanto este está sedimentado nas mais profundas cavidades do ser, nas regiões do “arquivo” onde está “guardada” nossa memória profunda, nosso acervo de experiências juntado durante todo o percurso renovado já percorrido. È nessa região muito profunda de nós mesmos que se localiza “o Reino de Deus”, na qual devemos plantar as raízes da nossa individualidade e da nossa personalidade, a fim de bem gerenciarmos nossa própria vida e, consequentemente, nossa vida de relação.

 

No amplo cardápio de recursos com os quais nos abastecemos para nossa caminhada evolutiva a fim de promovermos nossa emancipação da infância espiritual, na qual ainda estagiamos, surge um elemento muito especial e importante: o amor próprio sabiamente dimensionado.

 

Literalmente, pode-se definir o amor-próprio como sendo aquele que o indivíduo devota a si mesmo, a forma ideal de buscar a renovação interior, de progredir moral e emocionalmente, de construir o edifício das realizações que formam o caráter e o preenchem em profundidade. Ele é conquistado através de um grande silêncio, a fim de que se possa conhecer o íntimo, de modo a ouvir as mensagens que nele se encontram adormecidas e que irão despertando suavemente, apresentando o seu magnífico sentido por derivar de Deus. Sem esse valioso contributo, perde o significado essencial que é dirigido ao Si profundo, resvalando para as conturbadas manifestações do “ego”, que se apossa das aspirações de beleza e de harmonia, transformando-as em imposições angustiantes que ferem os sentimentos dos outros, em razão do exagerado narcisismo de que se revestem.

 

O autoamor é a mais promissora forma de ampliar a capacidade do afeto, direcionando-o para outras formas de vida, para outras pessoas. (…) O amor a si mesmo, proposto por Jesus, é um convite sem retoques à dignidade pessoal, ao reto cumprimento dos deveres em relação aos anéis íntimos que se estendem aos sentimentos do próximo. (…) O amor-próprio saudável é fundamental para os relacionamentos humanos, em particular nas parcerias afetivas, no matrimônio ou não, quando direcionado para o processo de autoiluminação.

 

Não predominando esse propósito, ei-lo manifestando-se como competitividade, em que um pretende se sobrepor ao outro. Essa infeliz conduta responde pelos desastres nos relacionamentos por faltar compreensão em torno do diálogo que não pretende vencer o opositor e sim esclarecê-lo, encontrando um caminho ideal por onde ambos transitem sem agressão nem domínio de espaço, no qual se movimentem em busca de suas realizações, sem que haja prejuízo de natureza alguma para qualquer um deles.

 

Induzido ao autoaprimoramento, o Espírito torna-se tolerante para com as deserções do seu próximo, embora não concordando com essas atitudes infelizes; não se transforma em julgador de ninguém, porque conhece as dificuldades com as quais se defronta nesse embate de autocrescimento que não cessa. A sua visão de mundo é mais abrangente, mais rica de compaixão, mais enternecedora. Os seus sentimentos se fortalecem, não se submetendo às imposições infantis e doentias das pessoas amadas. Esse enriquecimento opera o milagre de paz interior por compreender que, mesmo não amado, tem o dever de amar e, embora ignorado em relação às próprias conquistas, cumpre-lhe preservar o amor a si próprio.

A time dedicated to our Spiritual and Physical balance and harmony. Everyone is welcome. No previous experience with any spiritual teaching is needed. This meeting is recommended as a “Spiritual Support” to help all of us face our challenges and overcome them with balance and wisdom.

 

We hope to see you soon at

Spiritist Society Towards the Light. 

I am the Light of the world. Whoever follows me will never walk in darkness, but will have the Light of life.
Jesus (John 8:35-12)
Spiritist Society Towards the Light
One Simms Street
Suite 200
San Rafael, California 94901
Driving Directions

© 2016 Spiritist Society Towards the Light (all rights reserved)    >>>     Email us at: info@ssttl.net     >>>