Fridays - Spiritual Healing

   

O óbolo (donativo) da viúva

19 de Agosto de 2016

1O ensinamento do óbolo da viúva traz em si a união dos conceitos de cumprimento de tarefa e o de aquisição dos bons sentimentos ensinados por Jesus, colocando, como sempre, o poder de realizar ações corretas, amorosas e edificantes ao nosso alcance.

Na finalização desta passagem, Jesus deixa claro que há mais valor em dar daquilo que nos é necessário do que ofertar aos outros apenas o nosso supérfluo. É uma passagem que, caso entendida de modo incompleto, poderia desvalorizar as atitudes que a bondade em construção nos nossos corações aliada à nossa consciência determina que façamos.

A visão é maior do que geralmente se pensa pois quando o mestre estabeleceu essa comparação, foi para, entre outros pontos, determinar o valor exato do que é da nossa tarefa e do que é do uso belo de nosso livre arbítrio, estabelecendo, ainda, de modo indireto, a realidade de reencarnação.

Todas as situações que regem nossa vida foram previstas no nosso programa de reencarnação. Diz-se de “situações”, como riqueza, pobreza e status social, entre outras, visto que as particularidades ocorrentes nesses meios obedecem às nossas escolhas diárias.

 

Observando o capítulo XVI de O Evangelho Segundo o Espiritismo, que aborda a utilidade da riqueza material, podemos entender que se qualquer situação de abundância está ao nosso alcance, é para que façamos com isso o progresso e o bem estar dos que estão a nossa volta.

 

Assim, ao distribuirmos com bom senso e justiça, direta ou indiretamente, aquilo que temos a mais, estaremos dando conta da tarefa que nos cabe, o que traz em si o glorioso valor de uma missão sendo bem cumprida e todas as alegrias e bons dividendos que a justiça de Deus nos proporcionará nesse sentido.

 

Por outro lado, quando temos o apenas necessário em algum sentido e permitimos ser tão tocados no íntimo pela necessidade do outro de forma a querermos supri-la antes mesmo da nossa, estaremos dando espaço para que os sentimentos de abnegação, de fraternidade e de amor ao próximo floresçam, enfim, em nosso interior.

 

Essas situações aceleram tanto o nosso processo evolutivo quanto o do meio onde estamos simplesmente porque perfazem a metade dos objetivos da encarnação humana.

Trata-se, resumidamente, da redução de nosso sofrimentos por dois motivos principais: primeiro, que, com essa visão, é certo que façamos menos escolhas incorretas, o que nos trará, por lógica, menos pontos a expiar em futuras encarnações.

 

 Por isso, que nossas ações tem mais valor: é que, por elas, é mais rápida e menos dolorosa nossa caminhada rumo à perfeição e, por consequência, à felicidade superior.

 

Assim, tanto há certeza de acerto no dar da abundância quanto no dar do que é necessário; o que difere as duas situações é o tipo de excelentes dividendos que colheremos durante e após essa existência.

 

No entanto, cabe a nós utilizarmos o bom senso, o amor e a razão para cada uma das situações que chegarem, tendo em vista a nossa real posição, procurando ver as reais consequências de nossos atos e tendo como estímulo o sublime pensamento trazido por Chico Xavier, que diz: 

 

“Embora ninguém possa voltar no tempo para fazer um novo começo, qualquer um pode começar a fazer um novo final.”

 

 

Fonte: redação de Espiritismo, Luz, Caridade e Amor

A time dedicated to our Spiritual and Physical balance and harmony. Everyone is welcome. No previous experience with any spiritual teaching is needed. This meeting is recommended as a “Spiritual Support” to help all of us face our challenges and overcome them with balance and wisdom.

 

We hope to see you soon at

Spiritist Society Towards the Light. 

I am the Light of the world. Whoever follows me will never walk in darkness, but will have the Light of life.
Jesus (John 8:35-12)
Spiritist Society Towards the Light
One Simms Street
Suite 200
San Rafael, California 94901
Driving Directions

© 2016 Spiritist Society Towards the Light (all rights reserved)    >>>     Email us at: info@ssttl.net     >>>